Hospital das Clínicas de Botucatu amplia a partir de hoje atendimento ambulatorial

ECS_3020-1024x683

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) amplia a partir desta quarta-feira, dia 03, o número de atendimentos em seu Ambulatório de Especialidades, que atende pacientes para consultas de baixa e média complexidade de toda a região do Departamento Regional de Saúde (DRS VI) Bauru.

Com base na Resolução nº 151 da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES), publicada no dia 6 de Outubro de 2021, que determina que a ocupação dos estabelecimentos poderá ser de até 100% da capacidade, o HCFMB aumentará o número de consultas agendadas.

Com isso, a rotina assistencial e o fluxo de pacientes no local serão remanejados, para que o Ambulatório atenda com 70% da capacidade até o final deste ano. As medidas incluem atendimento em horários diferenciados, uso obrigatório de máscara e orientação da higienização frequente das mãos. Não haverá necessidade de distanciamento entre assentos nas salas de espera.

Segundo a Diretora de Assistência do HCFMB, Dra. Erika Ortolan, todo o plano foi pensado por uma comissão avaliadora montada especialmente para a retomada dos atendimentos, com base no monitoramento do cenário pandêmico.

“Durante a pandemia, continuamos atendendo pacientes ambulatoriais de forma restrita, com as limitações impostas pela pandemia. Nosso objetivo é assegurar a retomada do atendimento protegendo pacientes e profissionais da saúde de forma planejada e monitorada”, afirma.

Para evitar aglomerações e garantir o cumprimento dos protocolos de segurança seguidos pelo HCFMB, os pacientes não devem chegar com mais de uma hora de antecedência ao horário da consulta. Caso haja esta necessidade, o usuário poderá aguardar na área de convivência do Boulevard.

Situação atual

Com a queda do número de casos e internações por COVID-19 no HCFMB, a maioria das enfermarias que antes eram exclusivas para o atendimento dos pacientes com diagnóstico confirmado de COVID-19 já voltaram a absorver pacientes de outras especialidades.

A quantidade de cirurgias essenciais realizadas vem aumentando gradualmente. O Centro Cirúrgico do HCFMB já trabalha com metade das salas reservadas para esses procedimentos – as demais salas são utilizadas para os atendimentos de urgência e emergência.

Fonte: Jornal HCFMB/(Foto: Eliete Soares)