Mulher foi atacada no campus da Unesp e fugiu do estupro; investigado terminou preso

policia-civil-010720

Uma mulher com aproximadamente 30 anos foi atacada em uma tentativa de estupro no dia 1 de fevereiro de 2021, por volta das 6h30, quando seguia para o trabalho, no campus da Unesp de Botucatu.

Ela contou à polícia que passava por um corredor estreito e um homem vinha na sua direção. Ao passar ao seu lado, a moça foi agarrada pelo braço e o agressor quando tentou puxá-la para área com mato. Nesse momento, a mulher tentou se afastar e conseguiu se desvencilhar, pois deu um empurrão naquele desconhecido, e em seguida ela saiu correndo. Na sequência, a mulher ligou para a Polícia Militar, mas o agressor fugiu.

A mulher acabou registrando o fato no dia 12 de abril, pois entendia que por não saber todos os detalhes do autor, que ele não pudesse mais ser identificado ou encontrado.

O caso então passou a ser investigado pela Polícia Civil e o suspeito localizado e preso na sexta-feira, 23, pois havia sido expedido mandado judicial. A Guarda Municipal fazia patrulhamento por Rubião Jr quando o encontrou em frente à sua casa. Apresentado ao plantão policial, terminou preso.

Não se sabe a versão ainda do acusado que deverá ser ouvido pela Delegacia de Defesa da Mulher que investiga o caso.

o caso foi registrado apurando o artigo 213: constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso: Pena – reclusão, de 6 (seis) a 10 (dez) anos.

BO da GCM

No final da tarde desta sexta-feira (23), a equipe do GAPE (Grupo de Ações Preventivas Especiais) prendeu um homem que estava sendo procurado por crime de estupro, em Botucatu.

Segundo a GCM, durante patrulhamento preventivo no distrito de Rubião Júnior, nas proximidades da creche municipal João Rosseto, a equipe “avistou um indivíduo sentado defronte a uma residência, sendo que era de conhecimento da equipe que pesava contra o mesmo um mandado de prisão, referente a estupro. Feita abordagem e busca pessoal nada ilícito localizado. Diante dos fatos, o elemento de 40 anos foi conduzido ao Plantão Policial, onde autoridade policial plantonista elaborou BOPC de Natureza Captura de Procurado, o indivíduo permaneceu a disposição da justiça”, informou a GCM.

Números de estupros

Botucatu registrou 32 estupros que foram denunciados à polícia, neste primeiro trimestre de 2021. Desses, 21 eram contra vulneráveis (geralmente menores de idade). No trimestre do ano passado eram 11 o total de estupros na cidade. No Estado foram 340 estupros, sendo 265 contra vulneráveis nos mesmos 3 primeiros meses de 2021. Os dados tem como base os registros nas delegacias e informados à Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo.

Fonte: 14News.