Equipe botucatuense se destaca no levantamento de peso rumo aos Jogos Abertos

5e0bf4cb2420ffbd53b3998d2c8e6613

Botucatu começou 2021 mais uma vez se destacando no esporte. Dessa vez, atletas botucatuenses representaram a Cidade na 1ª Copa de Powerlifiting da Federação GPC Brasil, realizada no último fim de semana, em Osasco, região metropolitana de São Paulo. Os resultados foram bastante positivos.

O destaque da competição foi a botucatuense Gislaine Dias, campeã na modalidade levantamento terra raw. Gislaine ganhou também o prêmio de melhor atleta feminina da competição e o de maior peso levantado, com o recorde de 230 quilos.

Júlia Filadelfo também foi campeã na categoria master 1, na modalidade levantamento terra, e Moisés Macena ganhou o ouro pela máster na modalidade supino raw.

Quem também subiu no lugar mais alto do pódio foram os atletas William Astorga que venceu em duas modalidades (categoria open, modalidades supino raw e levantamento raw), Déborah Novais (categoria master 2, modalidade supino raw), e Alan Pereira (categoria open, modalidade supino raw).

William Astorga também recebeu o prêmio de melhor atleta masculino da modalidade open.

A equipe, treinada pelo técnico Zezito Innocenti, irá representar Botucatu em mais um importante desafio, os Jogos Abertos do Interior, previsto para ocorrer ainda neste ano de 2021, dependendo da regressão da pandemia no Estado de São Paulo.

“Botucatu tem se destacado em diversos esportes e no levantamento de peso não foi diferente. Parabenizo todos esses atletas, que nos próximos meses continuarão se preparando para representar novamente Botucatu nos Jogos Abertos. A esperança é de novas medalhas para a Cidade”, finalizou o Secretário Municipal de Esportes e Promoção da Qualidade de Vida, Geraldo Pupo.