Educação Municipal inicia ano letivo com atividades remotas

0b6565650f78ec46ba16037db52d8117

A Prefeitura de Botucatu protocolou na Câmara dos Vereadores nesta terça-feira, 09, o projeto de lei que dispõe sobre a concessão de subsídio para o custeio do transporte coletivo, de modo a preservar a tarifa cobrada aos usuários.

O projeto prevê autorização ao Município para subsidiar o sistema de transporte coletivo urbano em até R$0,25 da tarifa por passageiro. Com isso, por mais um ano, a Prefeitura evita o aumento da tarifa para o usuário.

“Entendendo o momento delicado que todos estamos passando nessa pandemia. Mais uma vez nos esforçamos, com recursos do tesouro municipal, para manter a tarifa do transporte e não criar novos custos ao cidadão. Por força de contrato, somos obrigados a promover um reajuste anual, mas novamente não repassaremos isso aos botucatuenses que precisam do transporte”, afirmou o Prefeito Mário Pardini.

Além da medida, a Prefeitura de Botucatu tem atuado na fiscalização do trabalho desempenhado pelas empresas responsáveis pelo transporte coletivo em Botucatu. Nas últimas semanas, veículos de apoio foram colocados em atividade a pedido da Administração Municipal em linhas com grande número de passageiros em horários de pico.

Após aprovação da Câmara, o projeto retorna ao Executivo para a sanção do Prefeito.