Morador foi rendido após sair de banco no centro de Botucatu

14news.com.br-pm-prende-homem-que-guardava-droga-para-gerente-do-trafico-pm-militar-policia-viatura-22-585x446

Um homem foi rendido quando saía de uma agência bancária no centro de Botucatu (SP), por volta das 16h desta sexta-feira (28), e ficou em um carro, até ser liberado em uma ação da Polícia Militar.

Segundo a PM, a houve uma denúncia no telefone 190 de que havia um possível sequestro na Rua Amando, em frente ao centro bancário. Pessoas viram um homem sendo forçado a entregar dinheiro e depois a entrar em um carro, e os suspeitos saíram do local.

A equipe de motos da Polícia Militar encontrou com o carro na Avenida Floriano Peixoto, em frente ao Poupatempo. Havia 5 pessoas no veículo: um deles era a vítima que estava no meio de 2 passageiros no banco de trás.

Foi feita busca no carro e nos suspeitos, porém nada de irregular foi encontrado.

A vítima de 41 anos contou que 3 homens haviam lhe forçado a ir ao banco para entregar dinheiro. Isso foi confirmado por uma testemunha que fazia serviços de pintura na casa da vítima, e acompanhou em todo o caso, sendo que vendo a situação, ligou para a polícia.

Essa testemunha usou outro nome ao ligar à polícia para que os outros 3 ocupantes não notassem, e não o confrontassem.

Os envolvidos foram presos com base no artigo 158 – parágrafo 3º – 11.923/2009. “se o crime é cometido mediante a restrição da liberdade da vítima, e essa condição é necessária para a obtenção da vantagem econômica, a pena é de reclusão, de 6 (seis) a 12 (doze) anos, além da multa”.

A vítima conhecia os 3 presos que por desentendimento começou a ser extorquido pelos envolvidos até ser forçada a ir ao banco, e a denúncia do pintor acabou ajudando a evitar problemas maiores.

A vítima do caso não tem relação com igrejas, segundo informou a polícia, pois atua em outro ramo.

Fonte: 14 news