Idoso é preso suspeito de matar companheira de 26 anos estrangulada com cinto

whatsapp-image-2020-07-15-at-101631

Um idoso de 64 anos foi preso em flagrante na manhã desta quarta-feira (15) suspeito de matar a companheira de 26 anos estrangulada com um cinto em Júlio Mesquita (SP).

Segundo a Polícia Militar, o homem relatou que a vítima teria feito diversos empréstimos no nome dele e que iria embora de casa. Por causa disso, o suspeito contou aos policiais que a estrangulou até a morte com um cinto depois que ela acordou e foi preparar o café da manhã, por volta das 5h.

Ainda de acordo com a PM, o homem arrastou o corpo da vítima até um colchão no quarto do casal e fugiu. Ele foi encontrado em uma área de pasto próxima ao cemitério com uma corda na mão, alegando que iria cometer suicídio.

O idoso foi preso em flagrante e levado para a delegacia de Júlio Mesquita. De acordo com o delegado Gustavo Danilo Pozzer, o suspeito será investigado por homicídio triplamente qualificado (feminicídio, motivo fútil e meio cruel).

O suspeito e a vítima estariam em união estável há cerca de um ano, segundo o delegado.

A perícia esteve no local do crime e o corpo da mulher foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para exame necroscópico.

Fonte:G1/Bauru e Marilia