Casal é indiciado por latrocínio após morte de duas pessoas durante roubo de carro e dinheiro em Areiópolis

crime-areiopolis (1)

A Polícia Civil indiciou por latrocínio, roubo seguido de morte, o casal suspeito de planejar e assassinar a facadas dois homens na zona rural de Areiópolis (SP) na noite desta segunda-feira (4), na zona rural de Areiópolis. Um terceiro homem também foi esfaqueado, mas conseguiu fugir do ataque.

Segundo a polícia, toda a ação foi planejada pelo autor das facadas, de 18 anos, e sua companheira, de 29 anos, com o objetivo de roubar as vítimas, que eram conhecidas dos criminosos. A dupla foi presa nesta terça-feira (7) na rodoviária de São Manuel, quando tentava fugir durante uma operação conjunta das polícias Civil e Militar.

Após o crime que deixou dois homens mortos, de 68 e 56 anos, a dupla conseguiu roubar cerca de R$ 200 e um celular, além do carro que era do motorista que conseguiu escapar ferido. O veículo, porém, foi abandonado e queimado.

Segundo a polícia, a mulher do autor das facadas também foi indiciada porque sabia do plano para roubar o carro de uma das vítimas, a quem o criminoso pediu uma carona.

Segundo a polícia, a mulher já estava no local combinado com as malas prontas para fugir com o companheiro. Foi ela também que dirigiu o carro roubado, já que o jovem de 18 anos não sabia guiar.

Segundo a polícia, o jovem confessou o crime na delegacia de São Manuel, para onde a dupla foi levada após prisão na rodoviária da cidade. Eles foram autuados em flagrante pelo crime de latrocínio e encaminhados para cadeias da região, onde devem passar por audiência de custódia nesta quarta-feira (8).

O crime

Segundo a investigação, o suspeito já havia informado a companheira sobre o plano de roubar o carro de Antônio Fusco, de 68 anos, com quem se encontraria em um churrasco.

Como o carro da vítima não funcionou, o suspeito pediu uma carona a um jovem de 20 anos, que também levou no carro Vilson Gomes de Moraes, de 54 anos.

Quando chegaram ao destino da carona, onde a mulher já esperava pelo suspeito, ele começou a esfaquear todos dentro carro. Mesmo ferido, apenas o motorista escapou, mas Antônio e Vilson morreram esfaqueados.

Na fuga, o casal acabou abandonando e queimando o carro roubado e, nesta terça-feira, eles foram presos na rodoviária de São Manuel quando tentavam fugir.

O jovem de 20 anos foi encaminhado ao pronto-socorro do Hospital das Clínicas de Botucatu, mas seu estado de saúde não foi informado.

Fonte: G1

Últimas Noticias