Homem é preso suspeito de matar colega de quarto com tesoura em chácara para desabrigados

1_tesoura_crime_botucatu-2946243

Um homem de 38 anos foi preso na tarde de quarta-feira (1º) suspeito de matar um colega de quarto com golpes de tesoura em uma chácara de Botucatu (SP).

Segundo o boletim de ocorrência, a Guarda Civil Municipal foi acionada durante a manhã para atender uma ocorrência de homicídio em uma propriedade rural que funciona como uma casa para pessoas desabrigadas.

Em contato com os outros moradores do local, a polícia descobriu que Francisco Jairo Gomes da Silva, de 39 anos, tinha sido morto durante a madrugada com golpes de tesoura.

Segundo o registro policial, as testemunhas informaram que o colega de quarto da vítima confessou o crime a eles, mas não informou a motivação.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o suspeito também teria ligado para o proprietário do imóvel e confessado o crime. Inicialmente, o homem teria dito que se entregaria à polícia, mas decidiu fugir.

O Samu foi acionado e constatou o óbito de Francisco. A perícia técnica também esteve no local e a polícia apreendeu uma tesoura com marcas de sangue que estava em cima de uma estante.

Na tarde de quarta-feira (1º), os guardas municipais foram até a casa da mãe do suspeito e o encontraram chegando de carro na residência. O homem de 38 anos foi abordado pela polícia e aparentava estar sob efeito de álcool e entorpecentes, segundo a polícia.

A polícia identificou que o carro conduzido pelo suspeito era produto de furto e o homem foi preso em flagrante pelo homicídio na chácara e pelo furto do veículo. Ele foi levado para a cadeia de Itatinga.

FONTE: G1 Bauru e Marília

Últimas Noticias