Saúde inicia novo inquérito epidemiológico em Botucatu

22590

Equipes da Secretaria Municipal de Saúde começaram nesta segunda-feira, 29, um novo inquérito epidemiológico em Botucatu. A ação, que tem como objetivo conhecer a parcela da população que apresenta anticorpos para o coronavírus, percorrerá imóveis da Cidade até o próximo dia 3 de julho.

Serão 1,4 mil testes rápidos em pessoas de diversas idades e localidades que tiverem seus imóveis sorteados através de um sistema da Secretaria Municipal de Saúde.

“Com esse levantamento conseguiremos saber se grande ou pequena parte da população possui a imunidade para a doença e com isso, estabelecer novas medidas, seja de endurecimento ou de flexibilização do isolamento social. Fomos a primeira cidade do Estado a testar em massa pessoas com síndrome gripal na comunidade, o que há quase 2 meses tem nos ajudado a diagnosticar, isolar e tratar precocemente quem apresenta o coronavírus. Nosso compromisso é continuar cuidando de todos”, afirma o Prefeito Mário Pardini.

Dessa vez, para melhorar ainda mais a precisão do teste, as amostras de sangue serão levadas para o Hemocentro do Hospital das Clínicas, que fará a pesquisa da presença de anticorpo no material colhido.

Durante o primeiro levantamento, realizado no mês de maio, 0,5% das 1414 pessoas testadas apresentaram anticorpo do coronavírus.

“Essa identificação, também conhecida como ‘imunidade de rebanho’ pode mostrar, caso o percentual for baixo, que muitas pessoas ainda correm risco de se contaminarem com o coronavírus. Se for alto, significa que uma grande quantidade de pessoas já possui esta imunidade. Esse resultado se soma a outros fatores que nos ajudam a avaliar medidas de combate a doença”, afirma André Spadaro, Secretário Municipal de Saúde.